0

Contra a manipulação: Eliziane é uma das deputadas que mais defendem direitos dos Policiais Militares…

Eliziane Gama com policiais militares e evangélcios: história de lutas desde o início da carreira política

Eliziane Gama com policiais militares e evangélcios: história de lutas desde o início da carreira política

Do Blog de Daniela Bandeira

A candidata Eliziane Gama (PPS) precisará ficar de olhos bem abertos até o final da campanha, isso porque os adversários políticos da deputada prometem jogar sujo na tentativa de desqualifica-la. O ataque desleal criado devido a uma charge em seu programa no horário político, é um bom exemplo que a “política da boa vizinhança”, não vai acompanhar o período eleitoral.

A charge onde supostamente policiais militares são retratados como “bodes ou cavalos”, é simplesmente uma animação de uma situação a qual a deputada por muitas vezes se envolveu, quando defendeu o direito dos trabalhadores e grevistas. Em nenhum momento houve qualquer tipo de conotação depreciativa, até porque, Eliziane sempre foi uma das principais defensoras da instituição.

Como deputada estadual por dois mandatos, defendeu a bandeira da Polícia Militar, principalmente durante as manifestações dos PMs do Maranhão em 2011 e em 2014 na ocupação da Assembleia Legislativa. Agora como deputada federal, foi uma das primeiras a levantar a bandeira em favor da PEC 300 que cria um piso nacional para os policiais militares, civis e bombeiros, definindo assim um salário mínimo para categoria, em todo território brasileiro. Além disso, um dos seus principais aliados é o deputado estadual Cabo Campos (DEM), eleito justamente pelos votos da corporação.

Em nota, a assessoria de comunicação da “coligação São Luís de Verdade”, explicou que houve “um erro de corte que não passou pela coordenação política, mas foi prontamente resolvido e os responsáveis retirados da campanha”. Diante de um erro de edição, criou-se uma situação desnecessária e sem sentido algum, que não confere com o histórico de luta e bravura a favor da classes trabalhistas pela candidata.

Mesmo enfrentado o poderio de mobilização e de recurso do poder público, Eliziane Gama mantém a liderança nas pesquisas eleitorais ao lado de Edivaldo Holanda Júnior (PDT), mas vence tanto o prefeito, quanto o deputado Wellington do Curso (PP), em um projeção de segundo turno.

Talvez, por isso, o desespero e a manipulação da informação por parte dos escribas contrários à sua candidatura.

0

Carreata marca lançamento da campanha de Filuca em Pinheiro…

Filuca e César Soares lideram carreata pelas ruas de Pinheiro

Filuca e César Soares lideram carreata pelas ruas de Pinheiro

A carreata da “Onda Azul” do candidato à reeleição de Pinheiro, Filuca Mendes (PMDB), pela coligação “Pelo Bem de Pinheiro” marcou a arrancada da campanha do candidato na sede de Pinheiro com a participação de aproximadamente seis mil pessoas e 700 veículos – a maior já realizada na cidade, tanto em número de carros como de pessoas. 

O fato curioso da tarde foi a realização, pela Polícia Militar, de blitz nas principais entradas da cidade, o que dificultou a participação maior de moradores da zona rural de Pinheiro no evento. 

Nos bairros do Campinho, Matriz, Matadouro, Santa Luzia, Centro, Kiola Sarney e João Castelo e, na Praça de São Benedito, Filuca, o candidato a vice-prefeito, César Soares (PT), e todos os candidato a vereador da coligação receberam manifestações de carinho, apreço e apoio para a vitória em 02 de outubro.

No palanque, os cumprimentos aos eleitores

No palanque, os cumprimentos aos eleitores

Filuca, ao encerrar a carreata e agradecer o carinho e apoio da população de Pinheiro, fez um relato emocionado de vida e lutas.

“Enfrentei uma doença. Deus me deu uma nova oportunidade. Chego aos 60 anos de idade com muita disposição e vontade de fazer o que mais gosto nessa vida: lutar e trabalhar por Pinheiro e sua gente”.  

Filuca fez ainda um alerta.

“Não adianta perseguição política e administrativa. Estamos trabalhando, reconstruindo a cidade de Pinheiro que recebemos em estado de calamidade há quatro anos. Esses que dizem representar a mudança, são os mesmos que só lembram de Pinheiro quando querem me perseguir e atacar; são aqueles que, não tendo trabalho para mostrar ou algo que tenham feito pelo bem de Pinheiro, se dedicam apenas a nos agredir e perseguir. Mas, isso não nos intimida. Só nos dá força para continuar na luta”, declarou.

O sinal a vitória, ao lado do vice

O sinal a vitória, ao lado do vice

Entre inúmeras realizações, Filuca enumerou a construção de escolas modernas e climatizadas em todos os polos de educação da zona rural, a implantação do Restaurante Popular Lugar Bom de Comer, onde já foram servidas 184.800 refeições em 14 meses e revitalização do CAP que, de 2013 a 2016 realizou 89.967 atendimentos entre exames de radiografia, eletrocardiograma, endoscopia e ultrassonografia, o Parque Ambiental de Pinheiro, cartão postal da cidade; e a nova Rodoviária de Pinheiro, pronta para ser entregue à população.

“Eu sou apaixonado pela cidade de Pinheiro e, junto com vocês, vamos consolidar e ampliar o nosso trabalho”, disse em tom enfático.

O candidato a vice-prefeito, César Soares (PT), ratificou em seu discurso que “com a força e entusiasmo do povo de Pinheiro, vamos vencer essa eleição e avançar no trabalho que estamos realizando em nossa cidade para o seu desenvolvimento e bem-estar da população”.

1

Weverton quer regulamentar doações coletivas em campanhas….

Os crowdfunding’s têm sido usados para arrecadação de recursos em sites de internet, que podem servir como sites coletivos para doações a partidos e candidatos

 

Weverton Rocha: propostas para melhorar a questão política

Weverton Rocha: propostas para melhorar a questão política

O deputado federal Weverton Rocha (PDT) apresentou projeto à Câmara propondo a regulamentação dos chamados crowdfunding – sites de arrecadação coletiva na internet –  também para financiamento das atividades político partidárias.

– A democracia participativa melhora a vida das pessoas. Todavia, é importante trabalhar na modernização desse processo para que alcancemos as conquistas sociais. Não basta só incentivar a participação no processo político partidário. Temos que criar uma cultura de envolvimento nas questões políticas, em especial, para as gerações mais afinadas com o uso da tecnologia digital e as facilidades que esta apresenta de promoção e realização de projetos – pontuou Weverton.

Pela proposta do deputado Weverton, a doação de eleitores para a atividade político partidária poderá ser feita através de sistema eletrônico devidamente registrado na Justiça Eleitoral. Além disso, os sites eletrônicos de doação poderão receber doações através de transferência bancária, cartão de crédito ou débito da mesma titularidade do CPF doador.

O texto garante ainda que as Plataformas de Financiamento Coletivo podem ser desenvolvidas pelos Partidos ou contratadas no mercado…

0

Dr. Gutemberg Araújo: mais do que palavras, ações…

gutoCandidato a reeleição, o vereador Dr. Gutemberg Araújo (PSDB) se destaca pela longa folha de serviços prestados como professor  e médico, credenciais que o levaram a conquistar o primeiro mandato. 

Nascido Gutemberg Fernandes Araújo em São Luís, cresceu nas imediações do bairro do Monte Castelo. Formou-se médico e e tornou-se Cirurgião, Professor e Vereador e também é escritor. 

É casado com a também médica Kika Araújo e tem um filho, chamado Guilherme.

Com forte atuação nos bairros – diversos pleitos atendidos em obras como recapeamento das ruas, reforma de praças, feiras, inauguração de galerias – Dr. Gutemberg Araújo também é focado em ações sociais, e em especial voltado para mulheres e crianças. Pioneiro na implantação de cirurgia bariátrica no Maranhão, possui diversos trabalhos nacionais e internacionais publicados sobre o assunto.

Entre diversas iniciativas, Dr. Gutemberg Araújo é autor da campanha intitulada por “Setembro Verde”, que tem por objetivo o incentivo a doação e transplante de órgãos. Ele é autor do projeto de lei que  prevê que a iniciativa seja realizada no mês de setembro e passe a integrar o calendário oficial de eventos do município, já que comemora-se em 27 de setembro o Dia Nacional do Doador de Órgãos por iniciativa da Associação Brasileira de Transplante de órgãos.

Outra iniciativa tem como objetivo  disponibilizar bolsas de ensino a alunos residentes no município e para isso propõe que as instituições de ensino superior poderão dispor de remissão de dívidas tributárias e a redução de até 50% no valor de ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza).

Preocupado com seus colegas profissionais de saúde, Dr. Gutemberg Araújo é autor da lei que determina os enfermeiros, técnicos, auxiliares e atendentes de Enfermagem do município de São Luís tenham jornada de trabalho semanal de até trinta (30) horas e também  por meio de um projeto de lei, apresentou uma proposta  para as  instituições de saúde“ pública e privada, onde tem como objetivo levar maior qualidade de vida aos profissionais de enfermagem.

A ideia é estabelecer um intervalo de repouso de uma hora, para aqueles que estão em regime de plantão, diurno e noturno, com duração de igual ou superior a doze horas. Com base no argumento  que o Conselho Federal de Enfermagem, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz, no qual foi realizado uma pesquisa para saber o perfil do profissional de enfermagem no Brasil.

5

Histórias de vida e disputa de poder…

Eliziane Gama, Wellington do Curso e Fábio Câmara  utilizaram o primeiro dia da propaganda eleitoral no rádio e na TV para se apresentar ao eleitor, com histórias de vida parecidas, mas com narrativas diferentes

 

Os três adversários do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) que dispõem de tempo na propaganda para fazer contraponto á sua gestão utilizaram o primeiro dia do Horário Eleitoral Gratuito para contar suas histórias de vida.

Wellington do Curso (PP) lembrou que perdeu o pai muito cedo, teve que trabalhar ainda menino para se sustentar e venceu na vida após passar pelo Exército.

E lembrou que sua história é a mesma de muitos maranhenses.

Fábio Câmara (PMDB) também mostrou sua trajetória desde a saída de Cajari, muito pobre, sua infância pobre no bairro do Codozinho,  até alcançar o posto de vereador de São Luís e candidato a prefeito.

O peemedebista se mostra como exemplo para milhares iguais a ele.

Eliziane Gama (PPS) também saiu muito cedo do interior empobrecido do Maranhão, estudou na cidade, chegou ao Ensino Superior, elegeu-se deputada estadual e federal e é hoje candidata a prefeita de São Luís pela segunda vez.

Sua trajetória, segundo seu programa, inspira confiança e dá experiência para fazer uma “São Luís de verdade”.

São belas histórias de vida, exemplos de superação e atitude.

Mas a repetição pode cansar o eleitor.

E para vencer o prefeito Edivaldo Júnior (PDT), um dos bem-nascidos de São Luís, é preciso bem mais que histórias de vida.

O cidadão vai esperar os próximos programas…

7

Edivaldo apresenta, de novo, promessas não cumpridas de 2012…

Programa de governo do candidato do PDT repete as mesmas propostas que ele garantiu iria começar a fazer “desde o primeiro dia” do seu mandato

 

Edivaldo faz juramento em 2012: promessas não cumpridas

Edivaldo faz juramento em 2012: promessas não cumpridas

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) prometeu “de um tudo” ao eleitor de São Luís para se eleger em 2012.

Não cumpriu nenhuma das promessas de campanha.

Prometeu o novo Hospital de Emergência Jackson Lago, que nunca saiu do papel.

Prometeu 25 creches e não construiu nenhuma.

Prometeu a manutenção do “programa do leite” que havia na gestão passada e acabou com o projeto.

Prometeu o Viaduto da Forquilha, que se transformou em uma “readequação do tráfego”.

Prometeu a licitação no transportes, que só agora começa a sair do papel, mesmo assim por determinação do Ministério Público.

Agora, Edivaldo Júnior volta a fazer em seu plano de governo muitas das  mesmas promessas feitas em 2012.

Está prometendo as mesmas modificações geométricas nos cruzamentos.

Também promete a mesma modernização da frota de ônibus de quatro anos atrás.

E volta a prometer o corredor de transportes que prometeu iniciar “desde o primeiro dia” do seu mandato.

Edivaldo promete mais uma vez a construção das creches que não fez nos últimos quatro anos.

E promete ainda manter a integralidade do calendário escolar na rede municipal, o que não conseguiu em nenhum dos quatro anos do atual mandato.

Edivaldo foi o candidato da mudança em 2012.

O que mudou em São Luís?!?

3

Centro de São Luís celebra Eliziane Gama…

Acompanhada do vice, José Joaquim, das lideranças do PSDB e dos candidatos a vereador, candidata do PPS reuniu-se na Praça João Lisboa, caminhou pela Rua Grande e fez ato público na Praça Deodoro, recebida com festa por populares. Veja as imagens:

 

Eliziane é carregada pelo público que foi á Praça Deodoro, no ato público ao final da caminhada...

Eliziane é carregada pelo público que foi à Praça Deodoro, no ato público ao final da caminhada…

A passagem pela Rua Grande movimentou o centro comercial de São Luís

A passagem pela Rua Grande movimentou o centro comercial de São Luís

Na concentração, com Carlos Brandão, Neto Evangelista e o vice, José Joaquim: aceno par ao povo

Na concentração, com Carlos Brandão, Neto Evangelista e o vice, José Joaquim: aceno par ao povo

0

Sem programas, candidatos deixam “buracos” na programação das emissoras…

Sem estrutura para fazer a gravação de spots e inserções, coligações prejudicam o cidadão, que fica obrigado a ouvir “vácuos” nas rádios e quadro de avisos na TV informando a não entrega do material para exibição no horário eleitoral

 

Os oito candidatos que participaram do programa; só Zeluis Lago não mandou mídia

Os oito candidatos que participaram do programa (imagem: blog de Zeca Soares)

O Horário Eleitoral Gratuito iniciado nesta sexta-feira, 26, mostrou a quantas anda a estrutura de alguns candidatos a prefeito de São Luís – e boa parte dos candidatos a vereador.

Ao que tudo indica sem estrutura para gravar programas, alguns candidatos deixaram “buracos” na programação das emissoras, sobretudo no rádio onde preciosos tempos foram ocupados por vácuos causados pela ausência da mídia dos candidatos.

O mesmo problema ocorreu na televisão, onde que quase 50% das inserções de vereadores deixaram de ser exibida por ausência de material.

No Horário Eleitoral Gratuito da TV – que. na verdade, tem apenas 10 minutos, das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40 – apenas o candidato Zeluis Lago (PPL), que já vinha ausente de outras programações da campanha, deixou de entregar a mídia para exibição.

Não há exigência da Justiça Eleitoral para exibição de programas, mas a ausência dos programas é uma perda de tempo considerável, que poderia ter sido usado por algo mais útil.

Até por que, quem não pode com o pote não pega na rudilha…

1

Imperatriz: Sindicato cobra aprovação de Projeto que dá transporte gratuito a servidores municipais…

Professores querem garantir gratuidade no transporte em Imperatriz

Professores querem garantir gratuidade no transporte em Imperatriz

A decisão do presidente da Câmara de Vereadores, José Carlos Soares, de não colocar em pauta o Projeto de Lei 013/2016, que dispõe sobre a gratuidade do transporte coletivo de passageiros para servidores municipais, pode desencadear um grande movimento classista, puxado pelo Sindicato dos Professores de Imperatriz, o combativo Steei.

A direção do Sindicato dos Professores apresentou ofício à Câmara, solicitando que o seu presidente, José Carlos(PV), supere questões político-eleitorais e coloque em votação o projeto lei do passe livre para os servidores, argumentando que a matéria é uma forte reivindicação dos servidores municipais.

No documento, o presidente do Steei, Francisco Messias, informa ao vereador Zé Carlos, que a aprovação do projeto vai evitar que os servidores municipais continuem gastando parte seus salários com o custeio do transporte para ir e vir ao trabalho.

Na próxima semana, caso o presidente da Câmara de Vereadores mantenha a vedação na tramitação do projeto, o Sindicato promete convocar uma manifestação.

4

Roberto Rocha no comando do projeto de oposição para 2018…

Com críticas a Flávio Dino e Edivaldo Júnior, senador assume posição de contraponto político no Maranhão, reafirmando apoio a Wellington do Curso; e a vitória do candidato do PP em São Luís torna o socialista, naturalmente, candidato a governador

 

Roberto Rocha com Roberto Júnior e Wellington: aposta clara para 2018

Roberto Rocha com Roberto Júnior e Wellington: aposta clara para 2018

Não havia no Maranhão, até hoje, nenhuma voz com força estadual para se contrapor ao projeto de poder capitaneado pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

O senador Roberto Rocha (PSB) assumiu esta voz, definitivamente, nesta sexta-feira, 26.

Ao criticar duramente a claudicante gestão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) em São Luís – classificando-a como “puxadinho” do Palácio dos Leões – Rocha deixa claro ao eleitor de São Luís que há alternativas de poder ao comunista.

– São Luís quer um prefeito de atitude para comandar, e não fazer da prefeitura um “puxadinho” do Palácio dos Leões – afirmou Roberto Rocha, em seu perfil no Twitter, que teve forte repercussão nas redes sociais, em blogs e emissoras de rádio.

No que diz respeito à submissão de Edivaldo a Flávio Dino, isso já não é segredo para ninguém e já entrou até no anedotário da política maranhense.

Hoalndinha é incapaz de bater na mesa, de tomar atitudes, de decidir sem que tenha que consultar seu patrono, seu tutor, o governador Flávio Dino.

Mas o que torna o posicionamento de Roberto Rocha um fato novo na política maranhense é seu claro contraponto ao próprio Flávio Dino.

O senador do PSB sabe que é uma das poucas vozes – talvez a única – capaz de enfrentar em condições de vitória o projeto do governador em 2018;  projeto este que passa, obviamente, pela vitória de Edivaldo Júnior em São Luís, ainda que ao custo de mai quatro anos de miséria da população.

E esta força de Roberto Rocha torna-se ainda maior se Wellington do Curso vencer Edivaldo Júnior.

Neste caso, será Rocha, e não Dino, o favorito para 2018…